A Tendinite no pulso é uma condição caracterizada por inflamação dos tendões que circundam a articulação do pulso. Causa muito comum de dor no pulso, é considerada uma Lesão por Esforço Repetitivo (LER). Ocorre, pois, mais frequentemente devido ao sobreuso de uma articulação. É também categorizada como uma das principais DORT – Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho, que afasta milhares de pessoas do trabalho diariamente.

A Tendinite no pulso normalmente afeta um dos tendões do punho, podendo também envolver dois ou mais tendões da região. Essa condição é muito comum em pontos onde os tendões se cruzam ou quando passam por sobre uma proeminência óssea. O atrito frequente ao osso causa irritação e inflamação do tendão. A consequente inflamação pode gerar dor no pulso e desconforto, que piora com o movimento.

Tenossinovite e Tendinite

Tendões são as extensões finais dos músculos, responsáveis por conectá-los aos ossos. Os tendões do punho conectam os músculos do antebraço aos ossos da mão e dos dedos. Isto possibilita os movimentos, como os de abrir e fechar a mão ou mover o punho.

Os tendões ao redor do pulso são divididos em dois grupos. Os da parte de trás do pulso  são os extensores e os da frente do pulso, os flexores. Qualquer tendão pode tornar-se irritado e causar sintomas de dor. A tendinite, entretanto, ocorre muito mais comumente em alguns tendões específicos. Este fato é devido à nossa anatomia e às atividades específicas que as pessoas executam.

Os tendões do pulso deslizam através de bainhas macias enquanto passam pela junção do pulso. Estas bainhas do tendão, chamadas bainhas sinoviais permitem que os tendões deslizem suavemente e com baixa fricção, quando o pulso se dobra para a frente e para trás. As bainhas sinoviais contém, como o nome indica, fluido sinovial. Quando esta é a área que se torna inflamada, tem-se a condição chamada tenossinovite.

Definimos a tendinite como o processo inflamatório que acomete o tendão em específico. Tenossinovite se refere ao processo inflamatório da membrana que recobre o tendão. Via de regra, as condições se apresentam concomitantemente.

Sinais de tendinite do pulso

A queixa mais comum dos pacientes diagnosticados com tendinite no punho é a dor no pulso.

Outros sintomas da tendinite do pulso incluem:

  • Inchaço ao redor da articulação do pulso.
  • Calor e vermelhidão dos tendões.
  • Sensações de moagem (crepitação) com movimento dos tendões.
  • O diagnóstico de tendinite do pulso é um feito procurando os sinais característicos desta condição. Além disso, dependendo do tendão que está inflamado, o médico pode realizar testes que esticar os tendões específicos de preocupação para localizar a fonte precisa de inflamação.

Tenossinovite DeQuervain

Um tipo recorrente de DORT, que causa dor no pulso é a Tenossinovite DeQuervain. Essa Síndrome se refere a inflamação do tendão na base do polegar. Recorrente em mamães recentes,  a Tenossinovite DeQuervain é diagnosticada por um teste específico chamado “teste de Finkelstein”, onde o paciente fecha os dedos por sobre o polegar e faz uma flexão ulnar. A dor referida nesta manobra é um dos principais diagnósticos deste tipo de tendinite no pulso.

Diagnóstico

Estudos muito aprofundados geralmente não são necessários para a detecção da tendinite ou da tenossinovite, mas uma radiografia pode ser útil para avaliar outras possíveis causas de dor no pulso. Raios X podem ser particularmente úteis na avaliação de artrite ou fraturas associadas à condição.

A maioria das pessoas com tendinite no pulso terá raios-x normais. Outros testes, como ultra-som e ressonância magnética podem mostrar a tendinite mais diretamente, bem como acúmulo de líquido em torno do tendão, característicos da tenossinovite. Embora estes testes não sejam normalmente necessários, se houver confusão sobre a possível causa da dor, eles podem ser úteis para avaliar melhor o problema.

Uma vez que um diagnóstico de tendinite ou tenossinovite for feita, um plano de tratamento pode ser desenvolvido.

Nem todas as pessoas que têm tendinite do punho serão tratados da mesma forma, e alguns tratamentos podem ser mais úteis para um determinado tipo de tendinite do que outros.

Dito isto, a maioria dos tratamentos começam com alguns passos simples, como a recomendação de descanso e talas de imobilização da articulação afetada para controlar a inflamação e permitir a cura do tendão.

Seu ortopedista só irá proceder passos mais invasivos se o descanso, a imobilização e outros tratamentos mais simples não conseguirem aliviar os sintomas, como a dor no pulso.

Tratamento da tendinite no pulso

Imobilização: Usar uma tala ou órtese é geralmente a primeira etapa de tratamento. A Tendinite no pulso ocorre devido à irritação recorrente do tendão em sua bainha. Descansar o tendão faz com que a inflamação diminua.

Gelo: Aplicando bolsa de gelo intermitentemente na área de inflamação também pode ser benéfico. A crioterapia no tratamento da tendinite do punho pode ajudar a reduzir a inflamação e estimular o fluxo sanguíneo na área da tendinite.

Medicamentos anti-inflamatórios: medicamentos anti-inflamatórios não esteroides ajudam a controlar os sintomas da dor, mas mais importante, ajudam a tratar a tendinite no pulso para diminuir a inflamação, inchaço dos tecidos moles e a dor no pulso. Estes medicamentos irão diminuir a resposta inflamatória que é a causa da dor.

Fisioterapia: A fisioterapia foca na função completa da mão e do pulso, e dos muitos tendões e ligamentos que cercam e apoiam a junção. Alongamentos, fortalecimento, estimulação elétrica e ultra-som podem ser usados pelo se fisioterapeuta para alívio da condição.

Injeção de Cortisona: A cortisona é uma opção de tratamento anti-inflamatório potente e dependendo do nível de dor no pulso, seu ortopedista pode indicar e proceder uma infiltração no local da inflamação. As injeções de cortisona são seguras, mas podem enfraquecer os tendões ao longo do tempo se forem administradas muitas vezes.

Cirurgia: A cirurgia é feita apenas quando esses e outros métodos de tratamento não conseguem resolver o problema. Se for esse o caso, a área da bainha sinovial do tendão afetado pode estar comprimida e ser a causa da dor no punho.  A cirurgia pode ser necessária para descompressão e o tecido inflamado também pode ser removido em um esforço para criar mais espaço para o tendão se mover livremente.

 

órteses hidrolight para tendinite no pulso

Prevenção de Tendinite no Pulso

Há uma série de medidas que você pode tomar para evitar que a tendinite do punho, uma DORT das mais comuns te afaste do trabalho. O passo mais importante é entender que a tendinite ou tenossinovite é uma tipica lesão por esforço repetitivo e que você deve modificar qualquer atividade específica que pareça agravar sua condição no trabalho ou nas atividades do dia a dia.

Atitudes simples como ter atenção na forma e na quantidade de pressão que você exerce para pegar ou segurar os objetos do dia a dia ou no seu trabalho já são importantíssimas. Altere a posição das suas mãos durante a execução de uma atividade. Além disso, atente para a melhor ergonomia possível quando você as executa. Especial atenção deve ser tomada ao digitar ou usar o mouse. Estas medidas simples podem garantir que nenhum tendão seja sobrecarregado.

Usar uma tala especial durante as atividades que irritam e são causas da sua tendinite pode ser útil. Hoje, já existem suportes e munhequeiras simples com velcro, fáceis de usar e eficazes para evitar os sintomas.

munhequeira para tendinite no pulso

Figura 1: Munhequeira ajustável Hidrolight

Tenha cuidado ao tomar medicamentos antes das atividades, pois às vezes isso pode simplesmente encobrir os sintomas. Certas vezes é melhor que você seja capaz de avaliar quando você está exagerando uma atividade.

Alongamentos suaves e aquecimento antes das atividades pode garantir que os tendões estejam prontos para o trabalho ou atividade. A aplicação de bolsas de gelo logo depois do encerramento, pode evitar qualquer inflamação.

Se você não puder manter o controle sobre a dor no pulso e os demais sintomas com as dicas acima, pode ser a hora de consultar seu ortopedista

Conclusão

A Tendinite no pulso é uma condição comum que afeta praticamente todas as pessoas ems em algum momento da vida. Tomar precauções simples logo no início dos sintomas pode ajudar a evitar que eles se tornem mais graves e incapacitantes.

Se você tiver problemas com a tendinite do punho, consulte seu ortopedista especialista em mão. Ele deverá te orientar no tratamento e pode indicar um fisioterapeuta para desenvolver um programa de prevenção dos problemas recorrentes. Este programa pode ajudar a mantê-lo apto a desenvolver as atividades do dia a dia e do trabalho, evitando ser pego por essa, que é uma das lesões por esforço repetitivo (LER) que mais afastam as pessoas do trabalho.

Em breve iremos tratar mais a respeito das principais doenças e condições do tipo da DORT – Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho. Fique atento.

Está com tendinite? Encontre um especialista em mão. Clique aqui.

ORTOPedia BR

Autor: ORTOPedia BR

Maior portal de busca de ortopedistas do Brasil. Pesquise nossa listagem de especialistas. Só aqui você encontra todas as informações mais relevantes sobre o mundo da ortopedia e especialistas em joelho, ombro e cotovelo, pé, coluna...