Reconstrução do ligamento cruzado anterior (LCA). Como é a recuperação?

Como já dito em outros artigos, o ligamento cruzado anterior do joelho funciona como um grande estabilizador, mantendo os ossos Femur e Tibia estáveis do ponto de vista antero-posterior e rotacional. A lesão do ligamento cruzado anterior (LCA) é muito comum no mundo dos esportes principalmente no futebol, devido à redução da velocidade do praticante ou mesmo colidir-se com outros jogadores.

 

Anatomia do joelho

 

Por que o ligamento cruzado anterior se rompe?

O ligamento cruzado anterior pode ser lesionado de diversas maneiras:

Desaceleração

Uma parada brusca ou mesmo colisão

Mudança rápida de direção

Entrose do joelho

Normalmente a lesão do ligamento cruzado anterior, vem com a sensação de instabilidade ao andar, que o joelho perdeu o “eixo”. Podemos pontuar outros sintomas tipos de lesão do ligamento cruzado, como dor e inchaço após a ruptura total ou parcial e mobilidade reduzida e desconforto ao caminhar.

 

Rotura do ligamento cruzado anterior – LCA

A cirurgia

A cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior é padronizada no mundo todo e sua técnica vem sofrendo modificaçoes no decorrer do tempo. Isso para que se tenha uma reconstrução o mais anatomica possivel, ou seja, o mais proxima do ligamento original. Hoje, a cirurgia é realizada de maneira artroscópica, pois é menos invasiva e realizada por pequenos cortes. A vantagem desta técnica menos invasiva incluem menos dores, menor tempo no hospital e também de recuperação. Atletas envolvidos em esportes de agilidade voltam à prática do esporte rapidamente com o devido acompanhamento, pós-cirúrgico que incluem, inicialmente repouso, fisioterapia, e musculação para o fortalecimento dos músculos ao redor do joelho. Em 95% dos casos cirúrgicos retomam suas atividades esportivas em seis a 9 meses meses.

 

 

Reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior por artroscopia

 

Atenção! cirurgia deve ser realizada por um médico especialista em joelho, certifique-se que o médico escolhido é reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho (SBCJ).

Como é a recuperação da reconstrução do ligamento cruzado anterior no periodo pós-operatorio?

Fase 1: controle a dor e a inflamação e manter repouso. Dura 15 dias.

Fase 2: extensão e flexão de até 90º graus mobilização da patela. Dura de 4 a 6 semanas.

Fase 3: controle motor e ganho muscular. Em geral, vai até o 3o mês

Fase 4: fortalecimento muscular e propriocepção através de atividades funcionais. Do 3.o ao 6.o mes.

Fase 5: Regresso a prática esportiva, após a realização do teste Isocinetico (mede a função e movimento das articulações do corpo humano para medir a força, potencia e resistencia muscular).

Fase 6: Retorno pleno ao esporte: Com o auxilio de uma equipe multidisciplinar, envolvendo medico, fisioterapeuta e educadores fisicos, aplicamos testes funcionais, elaboração de planilhas e o paciente vai lentamente regressando ao esporte.

Adriano Leonardi

Autor: Adriano Leonardi

Médico ortopedista especialista em joelho pela Sociedade Brasileira de cirurgia do joelho (SBCJ). Médico e fisiologista do Esporte pela Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte (SBME). Membro da diretoria da Sociedade Paulista de Medicina Desportiva (SPAMDE) 2018-2022. Fundador e ex-presidente da Associação Brasileira de medicina de áreas remotas e esporte de aventura (ABMAR). Colunista e consultor em medicina do Esporte dos sites EU ATLETA e GLOBO ESPORTE

  • Michelle Lola

    Boa noite hj torci meu meu pé e meu tornozelo virou dando um estalo audivel. desde então esta doendo muito se coloco no chão. o que pode ter acontecido?

    • Jacqueline Peres

      Olá não sou médica mais venho sofrendo com meu tornozelo á a mais de um ano então o que te aconselho é procurar um medico o quanto antes e tentar fazer uma ressonância pra ver se está tudo … uma dica importante se o médico pedir repouso faça pois caso não siga certinho pode piorar e muito como foi no meu caso.

      Procure um médico.
      Abraços e melhoras.

  • yun

    oi, eu sou yun, tenho 18 anos e torci meu tornozelo há dois meses atrás
    fui no ortopedista, usei gesso por 10 dias e quando tirei, ainda estava com edema e bastante inchado
    demorei um pouco para ir lá de novo, pois é muito longe da minha casa; quando eu fui, o médico que me atendeu no dia da lesão não estava lá, então não fui atendida… cheguei a ir de novo, mas a mesma coisa se repetiu (saúde pública sucks)
    acabou que meu pé foi melhorando sozinho nesse meio tempo, com gelo e água quente; já até consigo andar rápido e descer degraus!

    mas o problema é que ele não desincha… o fato é que era pra eu ter engessado o pé de novo pra ele melhorar certinho, mas por causa dos desencontros com o médico, não deu
    tenho medo desse inchaço poder ser permanente… o que eu faço? devo voltar lá e engessar de novo? socorro, tô começando a ficar angustiada de comparar meus pés todo dia ):

  • Gustavo Teixeira

    Muito legal, estou começando a sentir as dores e estou olhando muito antes de procurar um médico, tem esse artigo que aprendi muito: https://www.blog.sachets.com.br/artrose-e-artrite-reumatoide/
    abraços

  • Vagda Borges

    Olá meu nome é Vagda, tive uma fratura por stress há 03 meses, fiz tratamento com a bota, estava consolidada usando derrepente senti e escutei um CREC, sim a fratura por stress quebrou atingindo o 4 dedo, agora estou esperando sair o edema para realizar cirurgia.

  • Sabrina Fagundes

    Meu irmão sente dor na hora em que ele chuta a bola, o que pode ser?? Geralmente na parte do peito do pé