O joelho é a maior articulação do corpo. É formado pela união de uma das extremidades do fêmur (osso da coxa), uma das extremidades da tíbia (osso da perna) e pela patela anteriormente. Entre o fêmur e a tíbia encontram-se duas estruturas de fibrocartilagem, com o formato de meia-lua, chamados de meniscos. Eles funcionam como amortecedores, fazendo a adaptação entre as superfícies cartilaginosas dos dois ossos (Figuras 1 e 2).

Anatomia dos meniscos

meniscos
Figura 1: Anatomia do Joelho, mostrando os dois meniscos em visão frontal e de cima. A lesão (tear em inglês) pode atingir ambos os meniscos.

 

Figura 2: Imagem artroscópica de um menisco normal

O joelho é uma articulação de carga porque suporta o peso do nosso corpo e, dentro dos nossos joelhos, são os meniscos que recebem e transferem as forças do fêmur para a tíbia.

Eles são machucados quando o joelho sofre uma torção, é hiperflexionado ou hiperestendido. Em qualquer uma dessas situações os meniscos são “esmagados” entre o fêmur e a tíbia e podem ter a sua estrutura rompida.

Os homens costumam machucar os meniscos do joelho jogando futebol. As mulheres, normalmente, machucam seus meniscos em atividades caseiras diárias como, por exemplo, ao agachar para pegar alguma coisa no chão.

Sintomas

Os sintomas mais comuns de lesão meniscal são dor, inchaço do joelho, estalidos e, em alguns casos, até o bloqueio articular, que acontece quando um grande fragmento de desloca dentro da articulação e impede o seu livre movimento.

Diagnóstico

O médico especialista em joelho costuma pedir um exame de imagem – a ressonância magnética – para estudar a causa da dor.

Tratamento ou Cirurgia?

O tratamento das lesões meniscais depende do tipo, da localização e da extensão da lesão. Pode ser conservador, com medicamentos, repouso e fisioterapia, por exemplo. Ou pode ser cirúrgico, nos casos onde houve rompimento da estrutura meniscal. Atualmente, com as técnicas artroscópicas, um cirurgião especialista resolve o problema em alguns minutos (Figuras 3 e 4).

Figura 3: Imagem artroscópica de um menisco rompido

 

Figura 4: Imagem artroscópica de um menisco depois de tratado

Recuperação

A recuperação é relativamente rápida e, em poucos dias, o paciente poderá retornar às suas atividades normais. É importante que o paciente com dor no joelho procure sempre um ortopedista especialista na área de cirurgia do joelho e traumatologia esportiva para ser corretamente avaliado.

Artigo escrito pelo Dr. Adriano de Araújo Karpstein, ortopedista especialista em joelho.

Adriano De Araujo Karpstein

Autor: Adriano De Araujo Karpstein

O Dr. Adriano Karpstein é médico com especializações nas áreas de Ortopedia e Traumatologia, Medicina Esportiva, Artroscopia e Cirurgia de Joelho. Tem mais de 20 anos de experiência. Foi médico dos três principais clubes de futebol profissional do Paraná: Coritiba Foot Ball Club, Paraná Clube e Clube Atlético Paranaense. Hoje dedica-se exclusivamente ao seu consultório privado, localizado na cidade de Curitiba, no Paraná, onde atende pacientes de todo o Brasil e também de outros países. Suas cirurgias são realizadas no Hospital Marcelino Champagnat, um dos melhores hospitais do país. É membro das principais sociedades médicas internacionais das suas especialidades ( ISAKOS, AAOS, SLARD, ICRS, AOSSM e AANA ). Está em constante atualização, frequentando os principais cursos e congressos internacionais, para disponibilizar para os seus pacientes as últimas novidades, os melhores tratamentos e as mais novas técnicas cirúrgicas. É referência em cirurgia artroscópica de joelho no Brasil.

  • Michelle Lola

    Boa noite hj torci meu meu pé e meu tornozelo virou dando um estalo audivel. desde então esta doendo muito se coloco no chão. o que pode ter acontecido?

    • Jacqueline Peres

      Olá não sou médica mais venho sofrendo com meu tornozelo á a mais de um ano então o que te aconselho é procurar um medico o quanto antes e tentar fazer uma ressonância pra ver se está tudo … uma dica importante se o médico pedir repouso faça pois caso não siga certinho pode piorar e muito como foi no meu caso.

      Procure um médico.
      Abraços e melhoras.

  • yun

    oi, eu sou yun, tenho 18 anos e torci meu tornozelo há dois meses atrás
    fui no ortopedista, usei gesso por 10 dias e quando tirei, ainda estava com edema e bastante inchado
    demorei um pouco para ir lá de novo, pois é muito longe da minha casa; quando eu fui, o médico que me atendeu no dia da lesão não estava lá, então não fui atendida… cheguei a ir de novo, mas a mesma coisa se repetiu (saúde pública sucks)
    acabou que meu pé foi melhorando sozinho nesse meio tempo, com gelo e água quente; já até consigo andar rápido e descer degraus!

    mas o problema é que ele não desincha… o fato é que era pra eu ter engessado o pé de novo pra ele melhorar certinho, mas por causa dos desencontros com o médico, não deu
    tenho medo desse inchaço poder ser permanente… o que eu faço? devo voltar lá e engessar de novo? socorro, tô começando a ficar angustiada de comparar meus pés todo dia ):

  • Gustavo Teixeira

    Muito legal, estou começando a sentir as dores e estou olhando muito antes de procurar um médico, tem esse artigo que aprendi muito: https://www.blog.sachets.com.br/artrose-e-artrite-reumatoide/
    abraços

  • Vagda Borges

    Olá meu nome é Vagda, tive uma fratura por stress há 03 meses, fiz tratamento com a bota, estava consolidada usando derrepente senti e escutei um CREC, sim a fratura por stress quebrou atingindo o 4 dedo, agora estou esperando sair o edema para realizar cirurgia.

  • Sabrina Fagundes

    Meu irmão sente dor na hora em que ele chuta a bola, o que pode ser?? Geralmente na parte do peito do pé