ENCONTRE SEU ORTOPEDISTA
(escolha um ou mais campos abaixo)

Mão

A mão é um órgão extremamente complexo e importante. A cirurgia da mão é uma subespecialidade da ortopedia e da cirurgia plástica que prepara o médico para o tratamento de diversas patologias da mão e do punho. Deformidades congênitas ou reumáticas, traumas, amputações de dedos que requerem reimplante, reparo e transposição de tendões são algumas situações que estes especialistas enfrentam rotineiramente. Com habilidade e treinamento em microcirurgia, estes profissionais atuam em reconstruções de nervos, vasos e tendões extremamente finos para restabelecer a função desta nobre estrutura.

Mão

Informações relevantes sobre articulação da mão, mão e pulso, pulso quebrado, pulso aberto, síndrome do túnel do carpo, lesão ligamentar, dedo quebrado…

A Mão e o Pulso

Os ossos da mão e do pulso fornecem ao corpo suporte e flexibilidade para manipular objetos. Cada mão contém 27 ossos distintos que dão à ela um alcance incrível e total precisão de movimento. O ulna e o rádio do antebraço suportam os muitos músculos que manipulam os ossos da mão e do pulso. A rotação do rádio ao redor do ulna resulta na supinação e pronação da mão. Estes ossos também formam a flexível  articulação do punho com a fileira proximal dos carpos.

Há oito pequenos ossos do carpo no pulso, que estão firmemente ligados em duas fileiras de quatro ossos cada. A massa que resulta desses ossos é chamada de carpo. O carpo é arredondado em sua extremidade proximal, onde se articula com o ulna e o rádio no pulso. O carpo é ligeiramente côncavo no lado palmar, formando um canal conhecido como o túnel do carpo através do qual, tendões, ligamentos e nervos se estendem para a palma da mão. Sua superfície distal articula-se com os ossos metacarpianos, que são unidos ao carpo pelos ligamentos carpometacarpal palmar.

Os cinco ossos metacarpianos, longos e finos, da palma estendem-se do carpo para cada um dos dígitos da mão. Cada metacarpo é numerado de I a V com o metacarpo I ligando-se aos ossos do polegar, II ligando-se ao dedo indicador, III ligando-se ao dedo anular, e assim por diante. O movimento dos metacarpianos pelos minúsculos músculos na mão permite que a palma seja esticada, comprimida e dobrada. A cabeça distal dos metacarpianos é arredondada para formar uma articulação condilóide (oval) com as falanges dos dedos. Estas articulações condiloides permitem movimento de 360 graus dos dedos em suas bases.

Cada um dos dígitos das mãos contém 3 falanges, exceto os polegares que contêm apenas 2. As falanges são ossos longos e finos que formam articulações articuladas entre si. As falanges que articulam com os metacarpianos na base dos dígitos são conhecidas como falanges proximais. As falanges no final de cada dígito são chamadas de falanges distais. Em todos os dígitos, exceto o polegar, as falanges intermediárias são encontradas entre as falanges proximal e distal. Músculos nos antebraços flexionam e estendem as falanges puxando os tendões longos que correm através do pulso e da mão.

Lesões e condições apresentadas na Mão e Pulso:

• Artrite do punho e da mão: osteoartrite, artrite reumatóide, artrite na base do polegar, artrite que afeta extremidades das articulações e resultam em nós proeminentes, como os Nódulos de Heberdene.
• Tendão agudo, lesões de nervo e artérias.
• Deformidades Pós-traumáticas do Pulso e da Mão
• Deformidades Congênitas de Mão e Punho
• Contraturas de Dupuytren
• Fraturas do pulso e da mão (raio distal, escafóide, metacarpos e falanges)
• Compressões nervosas (síndrome do túnel do carpo, compressão do nervo ulnar no cotovelo, etc.)
• Afecções espásticas que afectam a mão e o pulso (Paralisia Cerebral, Pós-AVC)
• Lesões Esportivas do Pulso e da Mão
• Tenossinovite estenosante (Trigger Finger) e Tenossinovite de Quervain (pulso)
• Tumores e lesões tipo tumor como ganglios

Encontre um Especialista em Mão e Pulso agora mesmo. Clique Aqui!

  • elisangela

    bom dia preciso de uma indicação
    ou telefone de uma clinica por gentileza