Uma articulação é formada por dois ossos, que são unidos entre si pela cápsula articular e por outras estruturas, como ligamentos, tendões, meniscos etc… As superfícies ósseas dentro da articulação são revestidas por cartilagem, um tecido branco brilhante, que forma uma superfície regular e lisa para que os ossos possam se articular entre si (Figura 1). Um líquido transparente e viscoso, chamado de líquido sinovial, é produzido pelas paredes da articulação e funciona como lubrificante e como fonte de nutrientes para a cartilagem. Artrose no joelho é o nome que se dá ao processo de desgaste da cartilagem dessa articulação.

viscossuplementação joelho
Figura 1: Visão artroscópica da cartilagem normal entre o fêmur e a patela

Artrose no Joelho

São inúmeras as causas de artrose no joelho e em casos mais avançados o desgaste no joelho, pode chegar ao extremo de deixar em contato osso com osso.

Numa articulação com artrose, o líquido sinovial falha nas suas funções porque sua viscosidade está diminuída e o efeito de lubrificação e absorção de choques está reduzido (Figura 2 e 3).

viscossuplementação do joelho
Figura 2: Visão artroscópica da cartilagem da tíbia com uma pequena lesão
Figura 3: Visão artroscópica da patela com uma grande lesão da cartilagem

Tratamento para Artrose do Joelho

Não existe ainda um tratamento definitivo para a artrose no joelho, que seja capaz de reverter o desgaste da cartilagem. Vários estudos estão em andamento pelo mundo todo e espera-se que uma solução melhor do que as que temos agora estejam disponíveis em breve.

Os tratamentos conservadores, ou seja, aqueles que não precisam de cirurgias,  existentes no momento têm a finalidade de aliviar os sintomas – a dor é o mais importante deles – e retardar a evolução da doença.

Infiltração no Joelho com Ácido Hialurônico

Dentre as várias possibilidades de tratamento conservador atualmente disponíveis para o tratamento da artrose no joelho, está a viscossuplementação (Figura 4).

É uma técnica terapêutica que consiste em infiltrar numa articulação com artrite um medicamento de alta viscosidade, como o ácido hialurônico, que irá melhorar o ambiente intra-articular, aliviando a dor e retardando o desgaste da articulação.

infiltração no joelho para artrose
Figura 4: infiltração do joelho para viscossuplementação

O medicamento é semelhante a um gel e funciona como se fosse um lubrificante, diminuindo o atrito entre as superfícies em contato, bem como diminuindo o processo inflamatório e a dor.

Vários estudos mostraram também que o ácido hialurônico estimula a produção natural do líquido sinovial articular com melhor viscosidade. O tratamento existe internacionalmente há mais de duas décadas, mas somente nos últimos anos começou a ser utilizado no Brasil com maior frequência.  É um procedimento rápido e relativamente simples, que pode ser feito em ambiente ambulatorial, na maioria das vezes com anestesia local e sempre utilizando-se as técnicas assépticas.

O joelho é a articulação que mais recebe esse tratamento, mas outras articulações artrósicas também podem ser tratadas com essas infiltrações.

Recuperação

Após a infiltração no joelho o paciente pode retomar suas atividades cotidianas, devendo apenas evitar esforços com na região por alguns dias. O alívio da dor e a melhora da mobilidade articular são evidentes.

As aplicações costumam ser repetidas de tempos em tempos. O intervalo de tempo entre as aplicações depende do grau da artrose no joelho e do medicamento utilizado podendo variar de poucos meses até um ano.

Recomenda-se que os pacientes procurem sempre bons hospitais e ortopedistas especialistas na área de cirurgia de joelho para receber as aplicações com segurança.

Artigo escrito pelo Dr. Adriano de Araújo Karpstein, ortopedista especialista em joelho.