Durante o início da marcha não é infrequente a criança andar na ponta dos pés. Isso não é significado de uma alteração ortopédica. Muitas das vezes isso tem relação com a coordenação motora que ainda está em desenvolvimento. Os pais não precisam se desesperar nesses casos. À medida que ocorre o desenvolvimento, a marcha tende a se estabilizar.

Apesar disso, algumas crianças apresentam um esteriótipo de andar na ponta dos pés que por vezes persiste por anos, apesar das reclamações frequentes dos pais. Geralmente também tendem a desaperecer  nesses casos.

Figura 1. Andar na Ponta dos Pés

Causas Ortopédicas do Equinismo na criança

Duas causas ortopédicas podem estar relacionadas de forma mais comumente à marcha na ponta dos pés. A primeira é a Hipóxia Peri Natal, que leva a um atraso do desenvolvimento e a uma marcha em equino. A segunda, a mais comum, é o Encurtamento Congênito do Tendão de Aquiles (ECTA). O ECTA nem sempre é detectado ao nascimento. Apesar de ser caracterizado como congênito, em muitas das vezes é evolutivo, e levamos alguns anos para confirmamos o diagnóstico. Muitas vezes, apesar de criança andar na ponta dos pés, seu exame inicial é normal e evolui com encurtamento com o passar dos anos.

Após o diagnóstico, o  tratamento consiste em três fases, que variam de acordo com a idade e o grau de encurtamento do tendão. Quanto menor a idade e mais frouxo é o tendão, maior a chance do tratamento conservador dar bons resultados. Esse tratamento consiste na fisioterapia e aplicação da Toxina Botulínica no músculo encurtado. Entretanto, quanto maior a criança e maior a rigidez articular, maior a probabilidade de necessitar do tratamento cirúrgico. Não há uma idade ideal, depende dos fatores relacionados acima. A cirurgia consiste no alongamento cirúrgico do tendão e uma imobilização de 4 a 6 semanas, seguida de tratamento fisioterápico.

Figura 2 – Fisioterapia. Fonte: http://www.manchesterneurophysio.co.uk

Celso B. Rizzi Jr.

Autor: Celso B. Rizzi Jr.

Experiência profissional na especialidade desde 1994. Fellowship Hands on no Shrinners Children Hospital em Los Angeles por 1 ano. Especialista por 5 anos na Rede Sarah. Especialista por 15 anos no INTO. Atualmente, coordena o Setor de Ortopedia Pediatrica, sob a chancela do STO do Hospital dos Servidores.

  • Michelle Lola

    Boa noite hj torci meu meu pé e meu tornozelo virou dando um estalo audivel. desde então esta doendo muito se coloco no chão. o que pode ter acontecido?

    • Jacqueline Peres

      Olá não sou médica mais venho sofrendo com meu tornozelo á a mais de um ano então o que te aconselho é procurar um medico o quanto antes e tentar fazer uma ressonância pra ver se está tudo … uma dica importante se o médico pedir repouso faça pois caso não siga certinho pode piorar e muito como foi no meu caso.

      Procure um médico.
      Abraços e melhoras.

  • yun

    oi, eu sou yun, tenho 18 anos e torci meu tornozelo há dois meses atrás
    fui no ortopedista, usei gesso por 10 dias e quando tirei, ainda estava com edema e bastante inchado
    demorei um pouco para ir lá de novo, pois é muito longe da minha casa; quando eu fui, o médico que me atendeu no dia da lesão não estava lá, então não fui atendida… cheguei a ir de novo, mas a mesma coisa se repetiu (saúde pública sucks)
    acabou que meu pé foi melhorando sozinho nesse meio tempo, com gelo e água quente; já até consigo andar rápido e descer degraus!

    mas o problema é que ele não desincha… o fato é que era pra eu ter engessado o pé de novo pra ele melhorar certinho, mas por causa dos desencontros com o médico, não deu
    tenho medo desse inchaço poder ser permanente… o que eu faço? devo voltar lá e engessar de novo? socorro, tô começando a ficar angustiada de comparar meus pés todo dia ):

  • Gustavo Teixeira

    Muito legal, estou começando a sentir as dores e estou olhando muito antes de procurar um médico, tem esse artigo que aprendi muito: https://www.blog.sachets.com.br/artrose-e-artrite-reumatoide/
    abraços

  • Vagda Borges

    Olá meu nome é Vagda, tive uma fratura por stress há 03 meses, fiz tratamento com a bota, estava consolidada usando derrepente senti e escutei um CREC, sim a fratura por stress quebrou atingindo o 4 dedo, agora estou esperando sair o edema para realizar cirurgia.

  • Sabrina Fagundes

    Meu irmão sente dor na hora em que ele chuta a bola, o que pode ser?? Geralmente na parte do peito do pé